Translate

Google Connect

Google+ Followers

terça-feira, 1 de outubro de 2013

Para Gostar de Ler Paulo Coelho






Para Gostar de Ler Paulo Coelho

by Lustato Tenterrara


Há muito trago em meu peito minha admiração ao grande escritor brasileiro Paulo Coelho. Foi assim, de repente, que conheci a literatura de Paulo Coelho: Em 1989, no saguão do Aeroporto de Teresina, Piauí, quando fui fazer uma viagem a Brasília, em busca de meu sonho perdido, Teresa Natália.

Estava, eu, observando os livros expostos na livraria -- lógico, do Aeroporto -- quando de repente, -- não mais que de repente, num verso de Vinicius, -- meus olhos grudaram-se na contracapa de um livro. Peguei o livro, e os olhos consumiram o escrito na contracapa. Não interessou-se pelo nome do autor, nem pelo título do livro. O fragmento referia Narciso, a louvar sua imagem num lago. Leu e comprou sem abrir, posto que o livro estava lacrado em plástico. Não importou-se com mais nada. Se naquele livro houvesse apenas aquela página, já era motivo mais que suficiente para comprá-lo, tê-lo; lê-lo...

E não estavam errados, meus olhos. Nem o pensamento, nem a conclusão. Ao iniciar a leitura, grata surpresa alentou ainda mais o espírito daquele homem em seus vinte e poucos anos -- e que era eu -- e a alegria instalou-se em seu peito. Se o mundo parecia sombrio, ali encontrou esperança. Foi leitura prazerosa, em um misto de felicidade e contentamento.

Depois somente, interessou-se em prescrutar o autor daquela Obra-Prima. Paulo Coelho! Nunca ouvira falar dele, e isso muito estranhou. Como alguém escreve um livro tão lindo, tão belo, tão sublime, e não é elevado à máxima potência da literatura brasileira? Por que não estava nas rádios, televisão, jornais?

E ali percebera o cumprimento de longíncua profecia: " -- Ninguém é Profeta em sua própria terra!".

Depois leu o outro livro, e ambos, O Diário de um Mago e O Alquimista, misturaram-se como uma continuação um do outro. Depois teve o prazer de ler o terceiro livro de Paulo Coelho, "Brida", e estranhamente concluiu que ali havia encontrado a Trilogia de Paulo Coelho, o qual a concluiu em um Universo Feminino, a comprovar a natureza feminina da criação.

Daí em diante Paulo Coelho já era estrela solitária a brilhar sozinho no Universo. Tanto que poucos sabiam que Paulo Coelho era compositor de diversas músicas gravadas por Raul Seixas, as quais possivelmente foram compostas em dueto, ou a quatro mãos. "Eu Nasci há Dez Mil Anos Atrás", uma das mais famosas, talvez seja de composição solitária de Paulo Coelho. Isso, somente indagando a Paulo Coelho para ter certeza. Ou consultando a discografia de Raul Seixas, talvez descubra-se.

O certo é que poderia ter utilizado essa informação como meio de promover seus primeiros livros, e até onde lembro, eu não lembro de ter lido sobre isso nos três primeiros livros de Paulo Coelho. Talvez esteja lá e eu não li. Somente há pouco tempo, no findar do Século XX, ou no limiar deste Seculo XXI, é que tomamos conhecimento dessa verdade.

E somente após 2005 vim a descobrir que o grandissíssimo escritor Paulo Coelho era objeto de repúdio de uma grande casta de pseudos-intelectuais e críticos literários, o que causou-me asco, espanto e perplexidade. Muitos sítios de internet, blogs, comunidades criadas por doentes sociais, os já diagnosticados "Trolls de Internet", psicopatas internéticos que, à falta do que fazer, dedicam suas tolas vidas a injuriar, difamar, degradar um dos maiores escritores vivos da língua portuguesa, e somente não é o primeiro por que essa posição é de Chico Buarque, o qual é o maior escritor de todos os tempos (vivo ou post mortem), em nossa civilização humanóide. Decerto é que Paulo Coelho pode ser considerado o maior escritor da língua portuguesa, excluindo Chico Buarque desse universo e qualificando-o -- Chico Buarque, -- como compositor.

De modo que é uma total falta de senso, de "semancol", de moral, os atos praticados pelos desajustados sociais que criticam e predicativam a arte de Paulo Coelho como se não fosse literatura, querendo classificá-lo, no máximo, como se fosse autor de livros de auto-ajuda, classificação que não é considerada literária. É de se rir. É de se lamentar. É de se envergonhar. Sabe-se de pseudo-intelectuais que ao serem indagados sobre algum livro de Paulo Coelho, agem com um pedantismo inglório: " -- Não li, e não gostei!". "Ih! Coitado!". Existirá pior crítico literário? Quem essa pessoa pensa que é? Ninguém sabe. É um crítico que ninguém conhece, e se ler seu nome (feito eu, que li hoje o nome desse coitado), não se lembrará dele por mais de trinta segundos. E já é muito. Trinta segundos de fama.

Considero, sem a menor hesitação, que tais bastardos literários são meros críticos desqualificados e praticam tais atos por preconceito, por ignorância, por inveja, por serem psicopatas sociais, por serem trolls de internet (vide wikipédia). Os que não forem doentes sociais, são ignorantes, pedantes, preconceituosos, seres desqualificados e sem o menor conhecimento do que é escrever.

Mostre-me um, apenas um, que seja escritor literário, que escreva romances, contos, ou que seja poeta de renome. Não há. E não há porque escritor e poeta não é crítico literário. Criticos literários são seres que não sabem escrever. E feito crítico de cinema: Não existe um único cineasta que seja crítico de cinema. Assim também na literatura: Não há literato que seja crítico literário. Isso é coisa de professor de língua e literatura. Se for autor de algum livro, será no máximo um livro didático, isso se ele for conhecedor da gramática, se não o for, vai morrer escrevendo uma colunazinha semanal ou mensal em algum jornal cujo diretor é amigo de algum parente distante. Se tiver alguma sorte, se a família for rica. Se não tiver essa sorte, vai morrer funcionário público não concursado, em alguma prefeiturazinha de interior; ou será peão ajudante de pedreiro, porque pedreiro tem que ter inteligência média, e isso é coisa que aquele coitado -- que disse que não leu e não gostou, -- não tem, pois alguém com inteligência média não dirá uma sandice dessa.

by Lustato Tenterrara













Última Semana: Posts mais Acessados

Pesquisar este Blog, Sites que possuem link daqui deste Blog, ou toda a web